Performance

Autoavaliação de desempenho: como estimular os colaboradores a fazê-la

Olhar para os próprios defeitos e qualidades pode ser uma tarefa bastante desafiadora, mas necessária para o crescimento pessoal. A autoavaliação de desempenho é um instrumento que incentiva os profissionais a dedicarem um tempo exclusivo para observarem a si mesmos, encontrando pontos de melhoria e razões para se orgulhar das suas conquistas.

Apesar de ser extremamente benéfica, a avaliação própria de desempenho ainda é pouco utilizada por boa parte das empresas e seus colaboradores. Portanto, hoje você vai descobrir como estimular os funcionários a fazê-la e tirarem o máximo de proveito possível desse recurso riquíssimo.

Autoavaliação versus Avaliação 360º

A autoavaliação de desempenho pode ser considerada um Assessment e, como o próprio nome sugere, ela é diferente da avaliação 360º, que contempla as visões de outras pessoas sob diferentes perspectivas da hierarquia de responsabilidade.

Em geral, trata-se de uma forma de exercitar um olhar crítico sobre as próprias características, entendendo o que o torna mais forte no contexto profissional e aquilo que o enfraquece. Isso é primordial para dar início a um processo evolutivo, de aperfeiçoamento e crescimento, não apenas no que tange ao trabalho, mas à toda a vida de um indivíduo, incluindo suas relações interpessoais.

O que é Desempenho?

Algumas definições atribuem a palavra desempenho como um conjunto de características ou capacidades comportamentais para rendimento de uma pessoa, de uma organização ou de um grupo de seres humanos em especial quando comparados com metas, requisitos ou expectativas previamente definidos.

No contexto organizacional é o resultado passado - "um feito" - apresentado por algum colaborador.

Quando comparado com os resultados almejados pela organização, atribuição da avaliação de desempenho, pode-se concluir se o desempenho foi positivo ou negativo, se atingiu as expectativas ou deixou lacunas e gaps de performance que precisarão ser endereçados e corrigidos.

Qual é a importância da autoavaliação de desempenho?

Esse é um instrumento de autoconhecimento que ajuda a valorizar aqueles aspectos positivos que cada um tem, mas que também aponta o que é preciso melhorar para não ficar tão vulnerável às próprias fraquezas. Com isso, fica muito mais fácil criar e aproveitar oportunidades, desenvolver novos projetos, se tornar mais eloquente e melhor relacionado, por exemplo.

É claro que apenas o conhecimento sobre esses aspectos não é o suficiente. A mudança só ocorre de fato, tornando você uma potência individual, caso você esteja disposto a adotar novos comportamentos, que provoquem uma transformação efetiva nas condições que você identificou.

Modelo SWOT e People Analytics

Algumas pessoas usam o modelo SWOT (já tradicionalmente conhecido para desenvolvimento de estratégias) para sua própria auto avaliação de desempenho e descobrimento pessoal. Dessa forma, analisam suas principais forças e fraquezas e também consideram os fatores que oferecem oportunidades e ameaças para o seu crescimento.

Outra etapa importante é a auto-observação em relação à capacidade de lidar com conflitos e imprevistos. Em uma rotina dinâmica de trabalho, essas habilidades são cruciais e a primeira maneira de aprimorá-las é identificando o quanto você tem (ou não) de cada uma.

A proatividade também é um fator a ser considerado, já que ele determina o quanto um indivíduo tem motivação para buscar os melhores resultados, mesmo que ninguém peça isso para ele. Logo, cada um também deverá avaliar sua capacidade de se responsabilizar pelas próprias escolhas e ações.

Portanto, na autoavaliação de desempenho inclui-se feedbacks que os profissionais dariam a si mesmos e as sugestões de aperfeiçoamentos que deveriam ser alcançados para conquistar resultados melhores em relação ao desenvolvimento pessoal. Para aprimorar o processo, é possível incorporar a avaliação aos trabalhos dos responsáveis pelo People Analytics.

Como fazer uma avaliação de desempenho?

O primeiro passo para realizar uma avaliação de desempenho é entender que existem diversos modelos para aferir performance. Neste texto estamos abordando uma maneira, mas, deve-se sempre pensar se para determinadas funções esse modelo é adequado ou não. Algumas outras possibilidade de avaliar performance incluem a:

  • avaliação do líder;
  • avaliação por competência;
  • avaliação do time;
  • avaliação de desempenho 360 graus;
  • avaliação de desempenho 180 graus.

Como estimular os colaboradores a fazer a autoavaliação?

Apesar de simples, a autoavaliação nem sempre é um processo fácil. Por isso, pode se tornar necessário um pequeno estímulo para que os colaboradores realmente comecem a se questionar sobre aquilo com o que estão satisfeitos e o que querem mudar na sua trajetória.

Nesse aspecto, é interessante entender que nem sempre o incentivo está em dizer “faça essa avaliação de desempenho, ela vai ajudar você a crescer”, nem mesmo impô-la. A motivação para utilizar esse instrumento deve ser um pouco mais profunda. Nesse caso, é preciso mostrar para cada um os reais benefícios gerados e “crescimento” é algo relativamente vago.

Em vez disso, é importante mostrar que, com mudanças comportamentais, a avaliação pode ajudar a pessoa a se relacionar melhor com os colegas de trabalho, amigos e família; que pode conduzir a uma nova qualificação, ajudando a conquistar aquela promoção para financiar um grande sonho, como a troca de um carro, a compra de uma casa e assim por diante. O indivíduo deve perceber o valor que aquela análise proporcionará na sua vida.

Muitas empresas encaram a autoavaliação de desempenho apenas como uma forma de melhorar a performance na organização, mas não é só isso. O ganho também é pessoal. Na realidade, essa é uma forma de demonstrar o quanto os colaboradores são valorizados como pessoas, e não apenas como um cargo na hierarquia. É preciso explorar essa vantagem.

Aqui vão algumas dicas rápidas para incentivar os outros a fazerem autoavaliações:

  • reforce que essa é uma atividade que permite que se sintam orgulhosos;
  • esclareça que é um momento para ser sincero consigo mesmo e crítico o suficiente para crescer pessoalmente;
  • lembre a todos que o propósito é buscar o autodesenvolvimento;
  • acompanhe e dê suporte durante o desdobramento da autoavaliação.

Providencie um exemplo

Além dessas dicas rápidas, providenciar um exemplo pode ajudar, como os citados a seguir.

Fortalezas

  • sou um colaborador dedicado que entende minhas funções e responsabilidade;
  • gosto de ajudar a impactar o resultado da organização;
  • me comunico de maneira positiva e acertada;
  • sou criativo para desenvolver novos produtos.

Fraquezas

  • sou um pouco desorganizado, o que afeta minha produtividade;
  • não solicito ajuda em todos os momentos, quando poderia me beneficiar da ajuda de pares;
  • tenho dificuldade em me manter concentrado por muito tempo.

Valores principais

  • trabalho em Equipe e Cooperação para superar obstáculos;
  • respeito e Transparência com os colaboradores e gestores;
  • amizade e Relacionamentos Aprazíveis dentro da organização;
  • busco ser Receptivo e Prestativo, sou uma presença contínua para meus pares.

Conquistas

  • não perdi prazos no último ano, concluindo todos antes do deadline;
  • criei e apresentei o projeto X, que me tirou da minha zona de conforto, mas foi bem recebido e me ajudou a perder o medo de falar em público.

Metas

  • gostaria de continuar desenvolvendo minha produtividade e capacidade de gerir relacionamentos mais difíceis;
  • para o crescimento de carreira, aspiro fazer parte da gestão, com pensamento criativo acelerado.

Meu Feedback para mim mesmo

  • tenho um gestor transparente que tem me ajudado nos pontos de melhoria;
  • foi um ano difícil, porém, com muitos ganhos no departamento que devem continuar;
  • quero estar mais envolvido nas decisões da planta X.

Para otimizar todo esse processo, é muito importante contar com uma empresa de treinamentos comportamentais corporativos e melhoria de performance organizacional para ajudá-lo a estruturar a autoavaliação de desempenho do seu negócio. Dessa forma, você poderá potencializar seus resultados e melhorar significativamente a atuação da sua equipe.

Agora que você já descobriu como estimular a autoavaliação de desempenho na sua empresa, que tal ficar por dentro de outros conteúdos de valor para o seu negócio? Curta a nossa página no Facebook e acompanhe todas as nossas postagens!

Fique informado ao assinar a Newsletter Aspectum

Obrigado! Seus dados foram recebidos com sucesso.
Oops! Algo deu errado. Favor tentar novamente.
Junte-se a milhares de pessoas que recebem dicas sobre crescimento humano, hábitos de alta performance, habilidades de diálogo e liderança de equipes.