Liderança

A influência organizacional nos níveis estratégico, administrativo e operacional

A influência organizacional nos níveis estratégico, administrativo e operacional

Ao longo do expediente, boas práticas de trabalho podem resultar em um negócio mais próspero, rentável e consistente, capaz de elevar os níveis de qualidade, demanda e sucesso de uma organização, minimizando impactos negativos da competição. Em grande medida, boas práticas e excelência na execução, são fatores determinados pela chamada "influência organizacional".

Há muitas formas de entender a influência organizacional. A priori, você pode entendê-la como a capacidade de um indivíduo — como o líder de equipe — de influenciar as pessoas à sua volta e garantir que determinado comportamento seja replicado no trabalho.

Adiante, ganhamos profundidade no assunto, explicamos exatamente o que é influência organizacional, como ela ocorre e como gerenciá-la. Portanto, continue a leitura.

Afinal, o que é influência organizacional?

Para compreender o termo, vamos começar discutindo sobre o significado de "influência" e "organização", somar as palavras e esclarecer o que isso representa para a empresa.

Primeiro, você pode pensar na influência como a capacidade de induzir, inspirar e movimentar alguém a fazer determinada ação. Veja a política eleitoral, por exemplo, os eleitores são influenciados por candidatos, de modo que confiam seus votos em determinado representante público.

A organização, por sua vez, refere-se a um coletivo humano criado em torno de um objetivo, de modo que o trabalho em conjunto possibilite o alcance de resultados maiores e muito mais ambiciosos. Existem diferentes tipos de organizações, como as empresas privadas.

A influência organizacional, portanto, diz respeito à capacidade de induzir, inspirar e movimentar um membro da organização a realizar determinada ação, não por coerção ou ameaça, mas pela influência que determinados indivíduos exerce.

À medida que a empresa e seus líderes aprendem a utilizar essa influência em seu benefício, o trabalho diário torna-se mais alinhado e fluido, além de mais revigorante.

Como se dá a influência organizacional dentro da empresa?

Agora que você entende o que influência organizacional significa, é hora de ir mais fundo e compreender seu acontecimento. Ou melhor, saber exatamente como ela ocorre. Para tanto, é necessário entender que existem, pelo menos, três níveis de influência organizacional, respectivamente: estratégico, gerencial e operacional, que serão bem explicados adiante.

Nível estratégico: a alta administração

No nível mais alto de influência organizacional está a alta administração. O corpo de sócios, diretores e executivos que deliberam sobre direção organizacional, as estratégias de longo prazo e o comportamento de todos que estão sob o seu comando.

Não é exagero dizer que o posicionamento da alta administração tem efeito significativo em todas as áreas e níveis do negócio. Sendo assim, caso essa influência seja utilizada de forma errada e transmita uma imagem negativa, toda a empresa pode ser impactada.

Nível gerencial: os líderes de equipe

Um segundo nível de influência organizacional é o gerencial. Nele, encontram-se os líderes de equipe (como gestores médios, coordenadores e supervisores). Eles são muito relevantes, pois servem de elo entre as amplas decisões da diretoria e a efetiva operação.

Pense em um líder de equipe. Seu comportamento tende a ser replicado por seu grupo de liderados. Desse modo, se o líder é pontual, empático e atencioso, seus liderados tenderão a apresentar as mesmas competências. Esse tipo de influência determina o trabalho diário.

Nível operacional: os colegas de trabalho

Há, ainda, que se falar em influência a nível operacional. Ela pode ser menos evidente, afinal, nesse caso, os influenciadores não contam com poder posicional, como é o caso dos gestores, sócios e diretores da empresa. São como todos os outros colegas de trabalho.

Mesmo assim, é fácil observar que alguns talentos são mais influentes que outros. Eles conseguem direcionar seus colegas de trabalho e formar opinião, de modo que se tornam um modelo dentro da empresa. Essa é a forma mais pura, simples e rara de influência.

Como gerenciar essa influência no expediente?

Como você deve saber, hoje, não basta mais utilizar o poder posicional. Exigir que um profissional faça algo pode trazer malefícios, desgastando as relações interpessoais. Por isso, o melhor é entender como utilizar a influência organizacional em benefício do negócio e do próprio time de trabalho, de modo que todos fiquem mais bem-alinhados e motivados.

Seja claro com os formadores de opinião

Os formadores de opinião estão nos diferentes níveis dos negócios, do estratégico até o operacional. Entretanto, acontece que, muitas vezes, eles mesmos não têm consciência disso e não utilizam sua influência em benefício da organização. Um desperdício.

Portanto, deixe claro aos formadores de opinião que eles estão sendo monitorados por seus subordinados e colegas. Exatamente por isso é que eles devem incorporar as melhores práticas e reforçar a cultura do negócio. Assim, utilizarão sua influência em benefício da organização.

Ilumine as melhores práticas organizacionais

Por vezes, as piores práticas são mais vistas que as boas práticas. Isso cria uma influência negativa — por exemplo, se alguém comete um erro, é penalizado e logo todos seus colegas de trabalho ficam sabendo. Quando isso ocorre com líderes, a repercussão é ainda maior.

Que tal, então, iluminar as melhores práticas? Comece a elogiar publicamente os líderes e talentos que abraçam firmemente os valores da empresa e entregam resultados superiores, de modo que assumam posição de proeminência e sejam vistos por seus colegas.

Nesse caso, uma boa ideia é criar premiações periódicas. Você pode, por exemplo, fornecer um prêmio por assiduidade, recompensando (financeiramente ou não) os profissionais que menos faltam e são mais pontuais às suas atribuições. Assim, a influência será grandiosa.

Invista no treinamento da liderança

Todo líder de equipe conta com um alto grau de influência. Ele pode determinar a forma como seus liderados trabalham diariamente, seja ao compartilhar boas práticas ou indicar o melhor caminho a ser seguido. A questão é: sua liderança sabe usar tal influência?

Nesse caso, uma boa tática é investir em treinamento de influência organizacional. Bons programas de capacitação deixam claro quais são os princípios da influência, como aplicá-los na prática e avaliar seus resultados para a organização. Assim, há melhores resultados.

Veja, agora você está por dentro do assunto, sabe o que é influência organizacional, como ela funciona dentro da empresa e como gerenciá-la. Lembre-se que o uso da influência pode promover uma série de benefícios, como o aumento do alinhamento, da motivação e do compromisso diário. Assim, todos da organização, líderes e liderados, são beneficiados.

Gostou do artigo?! Aproveite, agora, para conhecer nosso treinamento Princípios da Influência, saber como adotá-lo em sua empresa e quais seus benefícios. Vamos lá!

Fique informado ao assinar a Newsletter Aspectum

Obrigado! Seus dados foram recebidos com sucesso.
Oops! Algo deu errado. Favor tentar novamente.
Junte-se a milhares de pessoas que recebem dicas sobre crescimento humano, hábitos de alta performance, habilidades de diálogo e liderança de equipes.