Bem Estar

Os melhores benefício para funcionários

Para aumentar a retenção de talentos, não basta oferecer uma remuneração básica. É necessário ir além e fornecer boas condições de trabalho, qualidade de vida, além de um pacote de benefícios bem estruturado. Ofertar os melhores benefícios para funcionários são parte importante desse cuidado: eles ajudam a manter o capital humano satisfeito, impactando em sua produtividade e até no clima organizacional, de certa forma. Para que isso funcione, porém, você precisa descobrir benefícios diferenciados e criativos que pode oferecer.

Não podemos concluir que todo profissional quer exatamente as mesmas vantagens. Uma pesquisa interna é fundamental para identificar quais são as melhores opções para o pacote, pois permite conhecer melhor os desejos, demandas e necessidades dos contratados. Além disso, os benefícios vão depender das condições da empresa. 

Mesmo assim, podemos pensar em exemplos que costumam ser boas alternativas. Separamos alguns deles a seguir. Continue sua leitura e saiba mais!

Vale-alimentação e vale-refeição

Vales ou cartões de alimentação e refeição são benefícios conhecidos, mas costumam ser confundidos entre si. O vale-alimentação é aquele destinado à compra de produtos alimentícios, como carnes, verduras e legumes, entre vários outros que ainda não foram preparados. Já o vale-refeição é usado na compra de refeições prontas, em restaurantes e lanchonetes, por exemplo.

É comum que a empresa ofereça os dois. Durante a pandemia do coronavírus, no entanto, algumas alteraram esse aspecto, substituindo, por exemplo, o investimento do vale-refeição para reforçar o do vale-alimentação, para colaboradores em home office. Isso pode ser combinado com os próprios funcionários, observando suas preferências. Talvez eles desejem manter o vale-refeição, para pedir comidas entregues em domicílio.

Vale lembrar que pode ser obrigatório fornecer esses benefícios para certos profissionais. Isso vai depender de acordos com os sindicatos e de convenções coletivas, então é importante ficar atento. Eles também são uma obrigação quando estiverem previstos no contrato de trabalho, assim como ocorre com os demais benefícios. Não se esqueça ainda de ter atenção às normas trabalhistas e às regras do PAT (Programa de Alimentação do Trabalhador). 

Plano de saúde, assistência médica, odontológica, seguro de vida 

Oferecer assistência médica e/ou odontológica também é outro benefício muito comum. A empresa pode arcar integralmente ou pagar uma parte do plano, de modo que o funcionário fique responsável por outra. Ela pode descontar uma porcentagem do salário com esse objetivo. É fundamental que o profissional esteja ciente disso desde antes de assinar o contrato. 

O valor do desconto pode ser combinado, desde que não viole o que orienta a lei. Na verdade, é importante avaliar se esse desconto realmente é necessário. É evidente que, quando a empresa pode arcar com o benefício sem interferir no salário, há um maior índice de satisfação dos funcionários.

Esses benefícios ajudam a cuidar da qualidade de vida e do bem-estar dos colaboradores, prevenindo problemas e acompanhando questões já existentes. Assim, também há vantagens para a organização.

É fundamental buscar planos de qualidade que contem com profissionais de confiança, bons serviços e equipamentos e bom atendimento de forma geral. A lei determina que esses benefícios devem ser mantidos na pandemia. Afinal, cuidar da saúde agora é ainda mais importante.

Os seguros de vida são normalmente pensados para executivos que tenham que ter um cuidado extra com suas famílias ou profissionais que estejam atuando em funções com altos riscos à própria vida.

Terapia online e cuidados com a saúde

Cuidar da qualidade de vida e do bem-estar dos funcionários é fundamental para uma boa empresa. Isso gera engajamento, satisfação, identificação com o negócio e, portanto, favorece os resultados. É preciso olhar não apenas para a saúde física, mas também para a mental e emocional. É importante oferecer boas condições de trabalho, evitando e reduzindo a sobrecarga, além de níveis elevados de estresse e pressão.

Com o novo coronavírus, as empresas têm ficado ainda mais atentas a esses fatos. A pandemia trouxe aumentos significativos de quadros como estresse, ansiedade e depressão, entre outros sofrimentos psicológicos. Os funcionários estão se adaptando a essa nova situação, tanto na esfera pessoal quanto no trabalho, o que pode agravar esse cenário. Assim, oferecer terapia como um benefício pode ser uma ótima ideia.

O Conselho Federal de Psicologia permite a realização desse trabalho online, mas ainda há psicólogos atendendo presencialmente quem não tem recursos virtuais. A empresa também pode contribuir com pacotes de internet, o que será útil no home office. De todo modo, procure profissionais habilitados e que respeitem as normas de segurança.

Para além da terapia, existem outros benefícios que têm conquistado espaço. Aulas de meditação online e palestras são apenas alguns exemplos. O vale-cultura pode ser transformado em verba para comprar livros ou mesmo ser utilizado para eventos online. Lembre-se de cuidar também daqueles profissionais que não puderam aderir ao trabalho remoto.

Algumas organizações estão flexibilizando os dias e até mesmo horários de trabalho, liberando por vezes algumas sextas-feiras, ou ao menos tendo horários flexíveis em alguns dias.

Bolsas de estudo, cursos e capacitações

As empresas podem contribuir de várias formas para o conhecimento e a capacitação dos funcionários. Algumas oferecem até mesmo bolsas de estudos, integrais ou parciais, em universidades parceiras. Além disso, cursos de idiomas, treinamentos e cursos livres são outras das alternativas.

Você também pode oferecer algo que contribua para a vida além da empresa, como um curso de gestão financeira. Promover o aprendizado é outra forma de engajar, além de qualificar ainda mais o trabalho dos contratados. Os mais variados cursos estão sendo realizados online, devido à pandemia. Procure, faça parcerias e, claro, respeite o momento dos seus colaboradores: isso precisa ser um benefício, não uma cobrança a mais.

Home office

O home office já foi um benefício muito visado por alguns colaboradores. Com a situação atual, no entanto, grande parte dos profissionais está se adaptando a ele, inclusive aqueles que não se identificavam ou não tinham interesse por esse formato. Acontece que o trabalho em casa passou a ser uma medida de segurança, sendo adotada em todos os casos em que é possível.

Assim, o que era apenas um benefício passou a ser um desafio. As empresas precisam auxiliar os funcionários nessa adaptação, o que envolve cuidar bem da saúde, promover boas condições de trabalho e fornecer orientações e recursos para trabalhar à distância. O contratado não está frequentando a empresa, mas esse cuidado e apoio continuam sendo importantes.

Alguns benefícios surgiram nesse sentido, como oferecer auxílio para planos de internet e energia. Pode-se enviar mobiliários adequados aos funcionários, como cadeiras e protetores de tela, adequados para a ergonomia. Algumas organizações têm até mesmo distribuído notebooks, tablets ou celulares, de acordo com suas condições.

Planos de Academia e Atividades de Lazer

Algumas organizações já perceberam que oscilar os níveis mentais de energia traz maior produtividade ao ser humano, afinal, não somos robôs e máquinas que não necessitem de atividades externas, exercícios físicos para recompor a energia, luz solar, uma boa nutrição e o cuidado com o corpo em si. Em especial para funções de escritório onde os colaboradores fiquem muitas horas sentados ou em frente ao computador, a opção de ofertar um benefício com viés mais externo também pode ser bem interessante.

Por fim, lembre-se de que, além desses aspectos, é preciso oferecer uma remuneração adequada. O salário deve dar boas condições aos profissionais. Você pode se informar sobre a remuneração por competências, por exemplo, para refletir sobre esse assunto. Para que uma organização se posicione e atinja maiores níveis de consciência, é importante que os planos de remuneração e benefícios já estejam bem resolvidos e colocados em prática. 

Essas foram as nossas dicas sobre os melhores benefícios para funcionários. Se necessário, você pode recorrer à ajuda de um consultor interno para fazer essa escolha.

Fique informado ao assinar a Newsletter Aspectum

Obrigado! Seus dados foram recebidos com sucesso.
Oops! Algo deu errado. Favor tentar novamente.
Junte-se a milhares de pessoas que recebem dicas sobre crescimento humano, hábitos de alta performance, habilidades de diálogo e liderança de equipes.