Execução

Plano de bonificação: Como elaborar e benefícios

Você sabe o que é um plano de bonificação e a importância que ele tem em uma empresa? Um dos maiores desafios atuais é manter uma equipe de colaboradores motivada e, por esse motivo, muitas empresas pensam — e criam — em várias formas diferentes de mantê-los estimulados para realizar suas tarefas.

Uma dessas maneiras é o programa de bonificação por resultados, que é muito popular e mantém os colaboradores engajados e alinhados com os objetivos da empresa. Neste post, listamos os passos para a elaboração de um plano eficiente e as vantagens em criá-lo. Acompanhe!

Passos para elaborar um plano de bonificação eficaz

Um bom planejamento é fundamental para a eficácia do plano. A seguir, confira alguns passos que garantirão a criação de uma boa estratégia.

Descubra o que motiva os funcionários

O primeiro passo para criar um bom plano de bonificação é levar em consideração o perfil dos colaboradores ao definir tanto as metas quanto as recompensas. Essa etapa é muito importante, visto que ela precisa estimular todos os envolvidos no processo a buscar por melhores resultados.

Todas as condições estabelecidas devem estar de acordo com os desejos e as necessidades de cada colaborador. Isso porque para alguns deles, o próprio desafio já é gratificante por si só — desde que seja valioso para o seu desenvolvimento na carreira — e a recompensa se torna apenas uma consequência. Já para outros, os prêmios oferecidos podem ser os elementos mais importantes.

Conheça os objetivos do seu negócio

Os objetivos do negócio — assim como a situação em que ele se encontra no momento — são fundamentais para um bom direcionamento do plano de bonificação. Para defini-los, alguns aspectos precisam ser considerados e o primeiro deles é o orçamento que a empresa dispõe para investir nas bonificações.

O tamanho do negócio também é importante e extremamente relevante no momento dessa decisão. Isso porque pequenas, médias e grandes empresas têm objetivos e necessidades bastante diferentes e esse detalhe é determinante para a elaboração de um bom plano.

O perfil dos funcionários que a empresa deseja atrair também é outro ponto importante nesse processo. Isso porque o plano de bonificação pode ser um grande atrativo para os novos talentos e é preciso que ele seja direcionado para chamar a atenção dos candidatos certos.

Defina metas

Outro passo importante nesse processo é a definição de metas. Depois de conhecer o perfil dos colaboradores e definir os objetivos do negócio, essa etapa ficará mais fácil de ser executada. Algumas questões que podem ser levantadas para determinar os resultados esperados podem ser os listados abaixo.

  • De que forma cada setor da empresa pode contribuir para que os objetivos sejam alcançados?
  • O que a empresa pode conquistar a curto, médio e longo prazo?
  • Como cada um dos colaboradores pode ajudar?
  • Como será feita a medição dos resultados?

Com todas essas perguntas respondidas, é mais viável estabelecer objetivos mais claros e realistas. Assim, a empresa não estipulará metas que sejam impossíveis de serem atingidas, o que pode causar, no mínimo, a desmotivação dos colaboradores.

Planeje a comunicação

Para um plano de bonificação realmente eficaz, é preciso que tanto as expectativas em relação ao cumprimento das metas quanto as recompensas sejam transmitidas de uma forma bastante objetiva e clara. Por isso, é imprescindível que a comunicação seja bem planejada nessa etapa.

O primeiro item a ser pensado precisa ser a divulgação, ou seja, qual será a estratégia utilizada para levar a informação do plano para os funcionários. Pode ser um evento, um post no blog da empresa ou até mesmo a produção de um vídeo para a TV corporativa.

Depois, será preciso pensar na disponibilização dos termos ou onde o plano em si ficará disponível para consulta — geralmente em um mural e na intranet. Por fim, é preciso pensar na regularidade de atualização, que tem a ver com a frequência com que os resultados parciais serão divulgados.

Identifique as bonificações eficientes

Como dito anteriormente, as bonificações oferecidas precisam atender tanto as condições do negócio quanto o perfil dos funcionários. Para que sejam motivadoras, elas precisam ser desejadas — e é exatamente por isso que precisam ser recompensas as quais os colaboradores queiram muito.

Algumas das bonificações que a empresa pode oferecer incluem:

  • viagens para uma equipe de funcionários ou com acompanhantes;
  • méritos — como troféus, homenagens, certificados e qualquer outro tipo de reconhecimento público pelos objetivos alcançados;
  • dinheiro — o tipo de remuneração mais comum e que, normalmente, são excelentes incentivos.

A empresa ainda pode optar por oferecer prêmios físicos, como materiais exclusivos da empresa, livros ou eletrônicos. Cursos também podem ser bem-vistos pelos colaboradores, principalmente para aqueles que estejam focados na evolução da carreira.

Acompanhe seus resultados

Tão importante quanto elaborar um plano de bonificação é acompanhar o resultado do seu desempenho. Depois de passar por todos os passos da criação, é preciso observar com atenção de que forma ele está afetando o trabalho dos colaboradores — e, principalmente, quais são os resultados obtidos.

Dessa forma, será possível saber o que está funcionando ao mesmo tempo em que as falhas poderão ser corrigidas antes que prejudiquem a obtenção das metas estipuladas. Além disso, ter esse conhecimento torna possível o aprimoramento contínuo do plano.

Vantagens de criar um programa de bonificação

Agora que você já sabe como criar um bom programa de bonificação, precisa conhecer as vantagens que ele proporciona. Confira a seguir.

Relação mantida com os funcionários

Uma das maiores vantagens de um bom programa de bonificação é a boa relação mantida com os colaboradores. Uma vez que eles se sintam mais valorizados e estimados pela empresa, passam a trabalhar mais motivados.

Essa motivação — e o sentimento positivo gerado em todo o time — contribui para um ambiente de trabalho mais positivo e engajado com um bom trabalho em equipe. Como resultado, não só a produtividade quanto a retenção de talentos aumenta, já que os colaboradores não pensarão tão cedo em deixar a empresa em busca de oportunidades melhores.

Alinhamento de metas

Outra vantagem de um bom programa de bonificação é o alinhamento de metas individuais de cada colaboradora com as da empresa. Ao criar esse plano, além de uma maior retenção de talentos, o negócio só contará com profissionais que estejam alinhados com os seus objetivos. Isso se torna extremamente positivo, uma vez que tudo o que for decidido fará sentido para ambas as partes e todos trabalharão com mais disposição.

Conseguiu entender o que é um plano de bonificação e o impacto positivo que ele causa dentro da empresa? Ao colocar as dicas deste post em prática, ficará muito mais simples criar um para o seu negócio e as chances de ter sucesso aumentarão!

Fique informado ao assinar a Newsletter Aspectum

Obrigado! Seus dados foram recebidos com sucesso.
Oops! Algo deu errado. Favor tentar novamente.
Junte-se a milhares de pessoas que recebem dicas sobre crescimento humano, hábitos de alta performance, habilidades de diálogo e liderança de equipes.