Conheça os benefícios da metodologia 70-20-10 para empresas!

Entenda de vez a metodologia 70-20-10! Tudo sobre esse modelo de aprendizagem organizacional; sobre níveis de aprendizagem. Como implementar e seus benefícios.

Escrito por:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
70-20-10

Você investe em treinamentos e desenvolvimento de competência para seus colaboradores e líderes? Qual metodologia é utilizada nesse processo? As capacitações geram os resultados esperados? Já ouviu falar na metodologia 70-20-10?

Esses são apenas alguns questionamentos importantes quando se fala em aprendizagem organizacional e desenvolvimento de times. Todos os dias, surgem uma série de novas capacitações, tanto em nível técnico quanto comportamental.

Cada uma delas utiliza uma metodologia própria para desenvolver competências nos colaboradores. Entre essas metodologias, está a 70-20-10. Baseada em teorias científicas em relação à aprendizagem organizacional, ela pode ser a solução que a sua empresa precisa para potencializar a capacitação do seu time.

Quer saber tudo sobre a metodologia 70-20-10? Então continue a leitura e descubra agora mesmo!

A importância da aprendizagem organizacional

Antes mesmo de falar sobre a metodologia 70-20-10, é importante que você entenda o que é e qual a importância de investir em aprendizagem organizacional na sua empresa.

O mundo está em constante evolução e desenvolvimento, exigindo que a sua empresa se adapte às novas necessidades e demandas do mercado e dos clientes para se manter competitiva. Apesar da tecnologia disponível, quem efetivamente gera os resultados em qualquer organização são as pessoas. Afinal, são elas que inovam, pensam fora da caixa para encontrar as melhores soluções para os problemas encontrados e criam o diferencial competitivo para que o seu negócio se destaque.

Porém, para que isso realmente aconteça, é importante que tanto os colaboradores quanto os líderes estejam em constante desenvolvimento, adquirindo novas competências necessárias para lidar com as demandas que surgem. É aí que entra a aprendizagem organizacional como essencial para o sucesso do seu negócio!

Ela consiste em um conjunto de estratégias que incluem treinamentos, capacitações e acompanhamento de resultados e desempenho do time. O principal objetivo é manter os profissionais atualizados em relação às demandas do mercado e dos clientes e potencializar o desenvolvimento de competências, de forma a criar um time de alta performance, capaz de gerar os melhores resultados para a organização.

Dessa forma, o investimento em aprendizagem organizacional gera uma série de benefícios, como o aumento da qualidade dos produtos ou serviços oferecidos para os clientes, aumento da motivação e engajamento do time, criação de uma equipe de excelência e de líderes capacitados para direcionar os colaboradores, entre outros. Isso ainda reflete na imagem que a sua empresa tem no mercado e, inclusive, nas suas taxas de aquisição e fidelização de clientes. Afinal, com um melhor atendimento, produtos e serviços de qualidade, há maiores chances de que a sua empresa tenha uma imagem positiva e atraia mais consumidores.

Os níveis de aprendizagem

Agora que você já sabe a importância de investir na aprendizagem organizacional, é essencial que você entenda como esse processo funciona.

Existem diversas teorias na área da psicologia e educação sobre como as pessoas adquirem novos conhecimentos, ou seja, como elas aprendem. Entre elas, há a teoria que divide o processo de aprendizagem em 4 níveis, sendo que essa é a teoria que embasa toda a metodologia 70-20-10.

Portanto, entenda agora quais são esses níveis e o que cada um deles representa:

Nível Empírico

Esse é o tipo de aprendizagem que acontece quando as pessoas estão realizando tarefas dentro da empresa, seja em suas atividades do dia a dia ou durante a resolução de um problema novo, ou execução de um projeto. Ela se refere à tentativa e erro, ou seja, o profissional se depara com uma situação nova e tenta diversas soluções, práticas e metodologias para chegar aos resultados esperados. A partir dessas tentativas, erros cometidos e acertos, ele aprende qual o melhor caminho.

Nível referencial

O nível referencial está relacionado à aprendizagem que acontece quando um profissional recebe um feedback, um retorno em relação aos seus resultados. Para entender melhor, imagine que um colaborador fez um relatório que será enviado ao cliente. O líder lê e avalia esse relatório, encontrando pontos positivos, erros e pontos que devem ser melhorados. Ele dá um feedback completo para o colaborador e, dessa forma, ele aprende o que deve ou não ser feito na hora de criar um relatório desse tipo.

Nível relacional

As pessoas também aprendem ao se relacionar com outras. Isso porque, ao observar o comportamento de colegas e líderes, por exemplo, ou a forma como eles lidam com determinada situação, soluções que encontram para os problemas e, até mesmo, as consequências das atitudes de cada um, um profissional pode aprender sobre o que deve ou não ser feito e a melhor forma para lidar com os problemas que encontra.

Esse é o nível de aprendizagem relacional, ou seja, que se expressa na relação com as pessoas e o mundo à sua volta.

Nível formal

Também é possível aprender por meio de cursos, sejam eles universitários, como uma graduação ou pós-graduação, sejam cursos livres, como workshops ou capacitações ministradas por uma empresa especializada. Esse é o nível formal de aprendizagem, ou seja, aquele que ocorrem em situações nas quais o objetivo é exatamente a promoção da aprendizagem.

O que é a metodologia 70-20-10

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a aprendizagem organizacional e as formas como ela pode acontecer dentro de uma empresa, é hora de entender o que é a metodologia 70-20-10.

Essa metodologia foi criada em 1990 pelos professores Morgan McCall, Robert Eichinger e Michael Lombardo, do Center for Creative Leadership, na Carolina do Norte (EUA). Eles perceberam que o investimento em apenas uma forma de aprendizagem, ou seja, em um nível, não trazia os resultados desejados pelas empresas. Também descobriram que o ideal para potencializar a aprendizagem é o investimento em capacitações que mesclem mais de um nível de aprendizagem.

Os estudos desses pesquisadores apontaram uma mistura ideal dos diversos níveis de aprendizagem: 70% no nível empírico, 20% ligado às relações entre os colaboradores e com os seus líderes, ou seja, nos níveis relacional e referencial, e 10% no nível de aprendizagem formal. Daí o nome 70-20-10.

Isso significa que, querendo ou não, 70% do aprendizado organizacional vem das experiências dos colaboradores, ou seja, eles aprendem muito ao realizar atividades diárias, serem desafiados, desenvolverem projetos e outras tarefas cotidianas e rotineiras. Também quer dizer que o feedback por parte de colegas e gestores, a observação do comportamento das pessoas ao redor e as interações são responsáveis por 20% do aprendizado de um profissional dentro da empresa.

Por fim, essa metodologia indica que, por mais que você invista em capacitações tradicionais, no modelo “sala de aula”, elas serão responsáveis por apenas 10% do aprendizado do time. Isso não quer dizer que esse tipo de treinamento não é importante, pelo contrário. Ele é essencial, mas deve sempre ser combinado com atividades do dia a dia da empresa e com feedbacks acertados e comportamento dos outros colaboradores e gestores.

Por que a metodologia 70-20-10 tem sido interessante para as empresas

Entender a metodologia 70-20-10 e conseguir aplicá-la tem sido muito interessante para as empresas de diversos setores. Isso porque ela permite que você entenda mais sobre como funciona o aprendizado organizacional e abre portas para potencializar o desenvolvimento de competências por parte dos colaboradores e criar melhores estratégias para o treinamento das equipes e líderes.

Com o estudo da metodologia 70-20-10, você é capaz de perceber que a rotina das atividades da sua empresa são extremamente importantes no processo de aprendizado organizacional. Os seus líderes devem, portanto, ficar bastante atentos às atividades delegadas para os colaboradores de forma a incentivar a resolução de problemas novos, inovação e enfrentamento de desafios com frequência, considerando que isso permite o desenvolvimento constante do seu time de colaboradores.

Outro ponto de atenção, segundo a metodologia 70-20-10, é o ambiente organizacional. Isso porque você percebe que 20% do aprendizado da equipe vem dos feedbacks recebidos e da observação do comportamento dos colegas e líderes. Isso significa que incentivar a cultura de feedback dentro da empresa e garantir uma postura adequada dos líderes, de acordo com a cultura organizacional e os valores do negócio, é essencial para que a sua equipe gere mais e melhores resultados.

Por fim, quando se fala nos treinamentos formais, é possível perceber que eles são importantes para o desenvolvimento da equipe. Porém, metodologias tradicionais de aprendizado, no modelo sala de aula, podem não trazer os melhores resultados para a sua empresa. Dessa forma, o 70-20-10 aponta para a importância de mesclar diversos métodos de aprendizagem nos treinamentos e capacitações oferecidos pela empresa, incentivando os colaboradores a colocarem o que foi aprendido em prática, a colocarem a mão na massa.

Dessa forma, você pode acrescentar novos níveis de aprendizagem em treinamentos formais, potencializando os resultados dessas capacitações.

Os benefícios dessa metodologia de aprendizagem para a empresa

Entender e implementar a metodologia 70-20-10 na sua empresa pode trazer uma série de benefícios, tanto para o negócio e os colaboradores quanto para os clientes. Descubra agora quais são as principais vantagens dessa estratégia!

Aumenta o engajamento dos colaboradores com o próprio desenvolvimento

Para que a aprendizagem organizacional aconteça, é importante que os colaboradores tenham engajamento e motivação para aprender coisas novas e atualizar o próprio conhecimento. A metodologia 70-20-10 pode ser uma grande aliada nesse aspecto!

Isso porque, quando você combina o conteúdo teórico (nível formal de aprendizagem), com feedbacks e tarefas do dia a dia, os colaboradores conseguem ver, na prática, os resultados do desenvolvimento. Dessa forma, ficam mais engajados nas atividades de capacitação uma vez que começam a perceber que as tarefas rotineiras ficaram mais simples e que eles são capazes de superar mais obstáculos ao longo do tempo.

Abre portas para uma liderança mais qualificada dentro da empresa

O conceito de líder como chefe, que apenas dá instruções para os colaboradores, que devem realizar o que foi proposto da forma como foi proposta, é passado no mundo dos negócios — ou, pelo menos, deveria ser. Hoje, o líder deve assumir outro posicionamento dentro da empresa, atuando como um facilitador e orientador dos resultados e implementando uma comunicação aberta, fluida e transparente com os colaboradores que fazem parte do seu time.

Isso exige outras competências, mais relacionadas aos comportamentos do líder e habilidades de comunicação, mediação de conflitos e condução das atividades. Muitas delas podem ser desenvolvidas utilizando a metodologia 70-20-10, sendo possível capacitar as lideranças da sua empresa por esse meio.

Além disso, essa metodologia mostra alguns elementos que, na liderança antiga, passavam despercebidos. Isso porque ela evidencia a importância de o líder ter atenção à rotina e atividades diárias dos colaboradores, propondo desafios que favoreçam o aprendizado organizacional. Também mostra que o feedabck é um dos elementos centrais do desenvolvimento do time, assim como o comportamento do líder, que deve ser exemplar para mostrar aos colaboradores quais são os comportamentos esperados por parte deles.

Melhora o desenvolvimento e aprendizagem do time

Ter colaboradores capacitados, que apresentem todas as competências — comportamentais e técnicas — para realizar as atividades delegadas é essencial para o sucesso do negócio, não é mesmo? Afinal, a metodologia 70-20-10 também pode ser uma grande aliada nesse aspecto!

Isso porque ela potencializa o desenvolvimento e aprendizagem do time. Isso porque mostra quais são as melhores estratégias de treinamento e desenvolvimento que devem ser implementadas para que isso aconteça da melhor forma possível.

Potencializa os resultados da empresa

A metodologia 70-20-10 também serve como uma aliada na hora de potencializar os resultados da sua empresa, tanto em qualidade quanto no que se refere à produtividade. Isso porque, com a consciência da melhor forma de proporcionar o aprendizado organizacional, você é capaz de capacitar e desenvolver seu time de forma adequada.

Isso se reflete nos resultados de cada um dos colaboradores gera para a empresa como um todo. Eles passam a ser mais produtivos, uma vez que estão mais capacitados para realizar as suas tarefas diárias. Além disso, também geram resultados de maior qualidade, já que são capazes de solucionar problemas com eficiência e inovar.

Permite a aprendizagem contínua no negócio

O mundo está em constante mudança não é mesmo? Isso significa que os seus colaboradores precisam se atualizar constantemente para acompanhar essas transformações.

A metodologia 70-20-10 permite essa aprendizagem contínua no seu negócio. Utilizando-a, você é capaz de promover o desenvolvimento dos seus colaboradores não apenas em momentos de treinamento e capacitação, mas também nas suas atividades rotineiras e cotidianas. Além disso, é possível favorecer o desenvolvimento em conjunto, de forma que cada um dos profissionais que fazem parte do time auxiliem os colegas a se desenvolverem.

Melhora os níveis de satisfação dos clientes

Com um time mais capacitado, preparado para atender às demandas dos clientes e do mercado e que gera mais e melhores resultados, é possível entregar serviços e produtos de excelência para o seu cliente final. Isso porque as atividades que ocorrem no ambiente interno da sua empresa refletem diretamente nos consumidores.

Essa maior qualidade faz com que os níveis de satisfação dos clientes sejam elevados, uma vez que você cria um diferencial competitivo para a sua empresa. A consequência é o aumento do seu faturamento e, inclusive, do lucro da sua empresa.

Boas práticas para implementar a metodologia 70-20-10

Agora que você já sabe o que é e quais são os benefícios da metodologia 70-20-10, é hora de entender quais são as melhores práticas para implementá-la no seu negócio e aproveitar todas essas vantagens. Continue a leitura e descubra agora mesmo as nossas dicas de ouro nesse aspecto:

Explique a metodologia para colaboradores e líderes

Em primeiro lugar, é importante que todos os membros da empresa estejam cientes da metodologia que será implementada. Afinal, todos têm papel fundamental no sucesso desse processo.

Portanto, mostre o que é, como funciona e como cada um pode se beneficiar da implementação da nova metodologia, deixando claro que o desenvolvimento profissional é importante, inclusive, para o desenvolvimento da carreira dos seus colaboradores. Além disso, foque na instrução dos líderes, de forma a capacitá-los para aplicar a metodologia em seus times com eficiência e qualidade.

Busque capacitações e cursos adequados

Existem, no mercado, empresas que oferecem cursos e capacitações de qualidade, com foco no modelo 70-20-10. São treinamentos que utilizam a experiência do colaborador e dos líderes para auxiliar na absorção de conhecimento e aquisição de competências.

Portanto, busque esse tipo de capacitação para a sua equipe. Você perceberá que, ao longo do tempo, será possível observar os resultados da metodologia sendo aplicadas em treinamentos formais nos resultados gerados pela sua equipe.

Mensure resultados

Por falar em resultados, a mensuração objetiva deles é essencial para garantir o sucesso de qualquer estratégia de desenvolvimento profissional. Isso significa que é importante que você avalie quais as consequências de cada uma das mudanças implementadas, de forma a identificar quais são as que geram mais resultados e quais precisam de adaptações.

Nesse aspecto, é importante ressaltar que muitas empresas não sabem qual o efeito prático das estratégias de treinamento e desenvolvimento. Elas não conseguem mensurar se determinado treinamento foi capaz de desenvolver, na prática, uma competência técnica ou comportamental nos profissionais da organização.

Isso é um erro uma vez que essa mensuração de resultados pode indicar, exatamente, quais são os erros de metodologia e como potencializar os resultados das suas estratégias de desenvolvimento. Portanto, crie indicadores e mensure, principalmente, o desempenho dos profissionais, de forma a analisar se eles estão colocando em prática o que é aprendido.

Invista na aprendizagem experiencial

Como você pode perceber, segundo a metodologia 70-20-10, que a experiência prática é a responsável por 70% da aprendizagem organizacional, não é mesmo? Portanto, que tal investir em estratégias que potencializem esse nível de aprendizagem?

Para isso é preciso revisar a rotina dos colaboradores e distribuição de tarefas. Atividades muito repetitivas, por exemplo, possibilitam a aprendizagem apenas no início, ou seja, nas primeiras semanas. Após entender a melhor forma de realizar a tarefa, a aprendizagem chega a ser mínima, uma vez que ela não propõe mais nenhum desafio para o profissional, que só precisa repetir o que já foi assimilado.

Portanto, realizar a troca de atividades entre membros do time, propor desafios e, inclusive, dar mais autonomia para os colaboradores são formas de potencializar a aprendizagem experiencial, uma vez que a rotina do profissional estará cheia de novidades constantemente.

Tenha um foco bem-definido

Para que a metodologia 70-20-10 dê resultados, é importante que você entenda muito bem quais são as competências que quer desenvolver e quais são as estratégias mais adequadas em relação à cada uma delas. Ou seja, é essencial definir o foco da sua estratégia e se manter atento a ele.

Com isso, você é capaz de investir naquilo que realmente importa, que tem relevância para a sua empresa e faz a diferença no contexto e mercado no qual está inserido. Caso contrário, corre o risco de investir recursos em treinamento e desenvolvimento e não ver o retorno desse investimento nos resultados objetivos da sua empresa.

Lembre-se do equilíbrio

Vale ressaltar que, quando se fala na metodologia 70-20-10, muitas pessoas focam apenas no nível de aprendizagem que mais favorece o desenvolvimento: o empírico. Portanto, o que essa metodologia diz é que todos os níveis são importantes, sendo que cada um tem um papel e um peso na aquisição de conhecimentos e competência.

Dessa forma, é essencial que você busque o equilíbrio entre os diversos níveis de aprendizagem. Os colaboradores precisam sim estar em contato com a prática, porém o conteúdo teórico, muito presente no nível formal de aprendizagem, também tem um papel importante.

Além disso, vale lembrar que as relações entre os colaboradores também deve ser levada em conta, o que exige uma mudança de postura dos líderes e, inclusive, uma mudança cultural completo dentro da empresa.

Como você pode perceber, a metodologia 70-20-10 traz uma mudança de paradigma no que se refere à aprendizagem organizacional. Ela permite que você pense fora da caixa na hora de propor estratégias de treinamento e desenvolvimento dos colaboradores e líderes da empresa, de forma a adotar estratégias que efetivamente favoreçam a transformação dos conhecimentos e competências do time em resultados reais para a empresa.

A Aspectum é uma empresa de treinamentos que pode ser a sua grande aliada na hora de implementar essa metodologia. Portanto, entre em contato com a gente agora mesmo e descubra todas as soluções que temos para oferecer!

Lembre-se de compartilhar este artigo!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Receba as últimas novidades sobre treinamentos e desenvolvimento humano

tudo sobre desenvolvimento de pessoas, capacitação & RH.

Mais do Portal

ser proativo

Descubra como ser proativo

O que significa ser proativo. O que fazer para desenvolver a proatividade. Como saber se você tem iniciativa. Entenda a diferença entre ser proativo e reativo.

employee experience

O que não é Employee Experience

O que Employee Experience não é, significado, exemplos, vantagens, employee branding, employee journey, experiência do funcionário, implementação e guia.

ser proativo

Descubra como ser proativo

O que significa ser proativo. O que fazer para desenvolver a proatividade. Como saber se você tem iniciativa. Entenda a diferença entre ser proativo e reativo.

Conheça um de nossos treinamentos pela voz do nosso CEO.
Vídeo online sem interação humana.

Assistir agora

Fique por dentro dos próximos treinamentos, webinários ao vivo e programe-se para participar de algum deles no melhor momento para você.

Agendar

Quer mais informações?
Descubra como o Google, Facebook, Bradesco, Syngenta e outros clientes tem investido na formação de seus líderes e como você pode trazer nossas metodologias para sua empresa.

Solicitar contato