Você sabe cumprir promessas?

Como manter sua palavra. O que acontece quando não cumprimos nossas promessas, e como evitar promessas não cumpridas. A relação de promessa e senso de urgência.

Escrito por:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
cumprir promessas

De vez em quando, você faz uma promessa — seja para você mesmo ou para outras pessoas. Por exemplo, comparecer a um evento, entregar um relatório completo até o final do mês ou concluir a leitura de certo livro. A questão é: você sabe cumprir promessas?

Essa pergunta pode ser desconfortável, mas é necessária. Faça-a para si próprio. A falta de cumprimento das promessas promove certos problemas. Sua reputação e autoestima ficam abaladas, você também pode ter mais dificuldades de confiar nas outras pessoas.

Para virar o “jogo” e começar a cumprir promessas, algumas dicas são úteis. Explicamos as principais nos tópicos seguintes e como colocá-las em prática. Boa leitura!

Cuidado com picos de ânimo ou tristeza

Muitas promessas são feitas em momentos delicados, como picos de ânimo ou tristeza. Sabe quando alguém te deixou feliz (ou triste) e você promete algo que não prometeria em uma situação normal? É isso. Só vá com calma — muita calma.

Portanto, a dica número 1 é: não faça promessas quando seu ânimo estiver aflorado. Pare. Respire. Deixe o momento passar. Se depois você ainda pensar que a promessa é uma boa ideia, faça-a. Certamente terá mais chances de cumprir com o combinado.

Não superestime o curto prazo e não subestime o longo prazo

Ao fazer promessas, um grande problema é superestimar o curto prazo e subestimar o longo prazo. Você tem algumas (grandes) promessas para os próximos anos, mas conta com poucas (pequenas) promessas para a próxima década. Isso faz sentido?

Então, a dica número 2 é: o que é de curto ou longo prazo. Faça promessas realmente difíceis pensando no longo prazo, deixe as promessas mais fáceis e que você sabe que pode cumprir para o curto prazo. Assim, não terá muitos problemas.

Faça uma retrospectiva do seu futuro

Imagine que você fez a promessa de comprar um carro no próximo ano. Como fazer para cumpri-la? O exercício de retrospectiva pode te ajudar. É fácil: imagine-se no futuro, com a chave do seu carro em mãos. Agora olhe para trás, o que você fez para chegar até lá?

Logo, a dica número 3 é: imagine-se com sua promessa cumprida e faça uma retrospectiva de como você chegou até lá. Tome nota de cada passo que foi necessário. Em seguida, caberá a você aplicar esses passos no mundo real, até que realmente cumpra a promessa.

Desenvolva seu senso de importância e urgência

Para que suas promessas sejam cumpridas, você precisa organizar seu tempo. Um dia tem apenas 24 horas e não há como fugir disso, então é preciso utilizar bem o tempo. Você gasta muito tempo com coisas urgentes “apagando incêndios” ou dedica-se ao que importa?

Portanto, nossa dica número 4 é: gaste menos tempo apagando incêndio e mais tempo fazendo o que é realmente importante. Com tal organização, terá mais chances de cumprir suas promessas e aproveitar seu tempo, também experimentará maior bem-estar.

Veja, agora você está por dentro do assunto. Lembre-se sempre que cumprir promessas é algo sério, pois otimiza sua credibilidade e afasta a frustração. Portanto, tome cuidado com o momento no qual você fez a promessa, avalie o passo a passo ideal para alcançá-la e organize seu tempo entre o que é importante e urgente. Seus resultados serão superiores.

Lembre-se de compartilhar este artigo!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Receba as últimas novidades sobre treinamentos e desenvolvimento humano

tudo sobre desenvolvimento de pessoas, capacitação & RH.

Mais do Portal

cumprir promessas

Você sabe cumprir promessas?

Como manter sua palavra. O que acontece quando não cumprimos nossas promessas, e como evitar promessas não cumpridas. A relação de promessa e senso de urgência.

ser proativo

Descubra como ser proativo

O que significa ser proativo. O que fazer para desenvolver a proatividade. Como saber se você tem iniciativa. Entenda a diferença entre ser proativo e reativo.

cumprir promessas

Você sabe cumprir promessas?

Como manter sua palavra. O que acontece quando não cumprimos nossas promessas, e como evitar promessas não cumpridas. A relação de promessa e senso de urgência.

Conheça um de nossos treinamentos pela voz do nosso CEO.
Vídeo online sem interação humana.

Assistir agora

Fique por dentro dos próximos treinamentos, webinários ao vivo e programe-se para participar de algum deles no melhor momento para você.

Agendar

Quer mais informações?
Descubra como o Google, Facebook, Bradesco, Syngenta e outros clientes tem investido na formação de seus líderes e como você pode trazer nossas metodologias para sua empresa.

Solicitar contato