Investir em treinamento corporativo?

Importância de investir em treinamento corporativo e melhora de produtividade, custos, socialização, competitividade, rotatividade, qualidade.

Escrito por:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
investir em treinamento corporativo

Henry Ford uma vez disse: “A única coisa pior do que treinar um trabalhador e vê-lo sair, é não treiná-lo e vê-lo ficar.” Palavras bastante curiosas, não? Centenas de milhões de reais são investidos em treinamentos corporativos no Brasil e no mundo anualmente, porém, por incrível que pareça, ainda boa parte das pessoas responsáveis por budgets de treinamento se questionam da real necessidade e eficácia destes investimentos. Estes questionamentos por quem faz parte deste mercado seria com em nossa opinião o é, totalmente aceitável, afinal, todos devemos avaliar o que e em que investimos nossos preciosos recursos. Entretanto, no século atual, desenvolvido, já de era pós-moderna, não ter algum tipo de treinamento corporativo, isto é, não investir em pessoas, negligenciar aquilo e aqueles que compõe uma organização e o que da a estas os fundamentos básicos para que esta se permita ser chamada de uma organização também deveria trazer alguma reflexão, concorda? Justamente é este nosso ponto de partida neste tema. Há muitas dúvidas é verdade, mas por quê investir em treinamento corporativo afinal? Confira.

No mercado competitivo e em constante mudança no qual a sua empresa está inserida, é essencial que você esteja sempre pronto para inovar e gerar soluções de excelência para os seus clientes. Mas, quem é responsável por esse tipo de resultado dentro da organização?

Se você pensou nos seus colaboradores, está correto! Afinal, o seu time é quem efetivamente gera ideias, soluciona problemas e potencializa os resultados da empresa por um todo. Dessa forma, todos precisam estar conectados aos objetivos do negócio e capacitados para a realização das suas atividades.

É aí que os treinamentos corporativos entram como um grande aliado. Quer saber a importância de investir nessa estratégia? Continue a leitura e descubra tudo sobre o assunto!

1. Por que investir em treinamentos corporativos?

Quando se fala em treinamento corporativo, você provavelmente já se perguntou qual a real necessidade de investir nesse processo. Mas o que você ainda não sabe é que esse processo de treinamento e desenvolvimento é essencial para o crescimento e sucesso da sua empresa como um todo, podendo se tornar o diferencial do seu negócio.

Para entender melhor a importância do treinamento corporativo, é preciso ter clareza de que cada membro da sua equipe desempenha um papel fundamental no desenvolvimento das atividades e geração dos resultados que impulsionam a organização. Para isso, o profissional apresenta competências específicas e potencialidades para o aprendizado e desenvolvimento de novas habilidades.

Dessa forma, o treinamento corporativo é uma estratégia voltada para o desenvolvimento das competências para as quais o colaborador já demonstra potencial, tendo impacto direto sobre o trabalho que ele realiza. Além disso, também evidencia as potencialidades de cada um, abrindo espaço para que os profissionais realizem novas atividades e mostrem o seu melhor.

Em um mercado em constante mudança, o desenvolvimento dos colaboradores é ainda mais importante. Os problemas e obstáculos mudam constantemente, o que significa que o time precisa desenvolver cada vez mais as suas habilidades para lidar com as novas situações e se adaptar a realidades diversas.

Portanto, o treinamento corporativo, que já era central para as empresas de alguns anos atrás, se torna ainda mais importante. Ele se apresenta como uma estratégia para garantir que os colaboradores gerem mais e melhores resultados e, com isso, melhorem a competitividade da organização diante do mercado.

2. Como o treinamento dos colaboradores pode gerar mais resultados?

Agora que você já sabe que o treinamento corporativo é importante para desenvolver as potencialidades do time, melhorar os resultados da empresa como um todo e criar um diferencial competitivo para a organização, é hora de entender como isso acontece. Descubra os principais impactos dessa estratégia dentro de uma empresa!

2.1 Aumenta a produtividade

O treinamento corporativo pode ser direcionado para o desenvolvimento de habilidades e competências de que o profissional precisa para realizar as suas atividades no dia a dia da empresa. Além disso, quanto você investe em treinamento, aposta também no colaborador como indivíduo, o que faz com que ele se sinta reconhecido e valorizado pela empresa, aumentando o engajamento com o trabalho.

Com isso, ele se torna cada vez mais capacitado e motivado, gerando mais e melhores resultados para a organização. Isso impacta diretamente na produtividade do time, que aumenta consideravelmente.

2.2 Reduz custos

Alguns gestores enxergam o treinamento corporativo como um gasto para a organização. Afinal, é preciso investir recursos financeiros, além de tempo e energia do time nesse processo.

Mas o que eles não percebem é que essa estratégia é um investimento que gera retorno a curto, médio e longo prazos para a empresa. Com colaboradores mais capacitados, reduz-se o número de erros. Isso evita retrabalho, elimina desperdícios e comportamentos inadequados e, ainda, permite reduzir o número de profissionais necessários para realizar as mesmas atividades, devido ao aumento da produtividade.

Essas três consequências, juntas, reduzem os custos do negócio de forma geral. Você pode trabalhar com um time mais enxuto e eficiente para a realização das atividades dentro da empresa e ainda reduzir desperdícios, tanto de materiais quanto de tempo dedicado ao trabalho, ao eliminar erros e ineficiências.

2.3 Contribui para a socialização

A sua empresa não é apenas um local no qual os colaboradores realizam as suas atividades. Ela contribui para o estabelecimento de relações, tanto profissionais quanto pessoais, entre os membros da equipe, e conta com uma cultura organizacional própria e um ambiente específico.

Ou seja, como a empresa é formada por pessoas, existem diversos processos sociais que não estão diretamente ligados ao trabalho, mas que influenciam diretamente a qualidade dos resultados gerados pela equipe e produtividade do time.

Dessa forma, a socialização adequada é um elemento essencial para o sucesso do negócio e os treinamentos corporativos são uma ótima forma de potencializar esse processo. Isso porque eles permitem que os colaboradores interajam e colaborem entre si no momento da capacitação.

Além disso, treinamentos específicos para o desenvolvimento de habilidades comportamentais, como o de treinamento de comunicação assertiva, quebram barreiras na empresa e contribuem ainda mais para a conexão positiva entre os membros do time.

2.4 Torna a empresa mais competitiva

Como você já sabe, o mercado está em constante mudança, exigindo que a sua empresa gere soluções cada vez mais inovadoras e inusitadas para encantar os clientes. Para isso, é essencial contar com um time capacitado e em constante processo de aprendizagem.

É aí que o treinamento corporativo entra como grande aliado da competitividade da sua empresa perante o mercado. Afinal, é exatamente isso que essa estratégia proporciona.

Quando você investe na capacitação do time, não apenas potencializa as competências que os seus colaboradores já demonstram mas também pode descobrir novas habilidades que nem os profissionais imaginavam que possuíam. Além disso, esse processo permite uma atualização constante dos conhecimentos do time, que está sempre atento às tendências do mercado e é capaz de desenvolver as competências necessárias para gerar valor para a empresa.

Tudo isso é traduzido em resultado real para a organização, que cria um diferencial perante os concorrentes e se torna mais competitiva.

2.5 Diminui a rotatividade de pessoal

turnover é um dos grandes problemas das organizações. Afinal, quando um colaborador deixa a empresa, além de desestruturar o time, prejudicando e sobrecarregando os colegas de trabalho, também gera gastos para a organização como um todo, tanto no processo de demissão quanto no de admissão de um novo membro para a equipe.

Dessa forma, é essencial que você invista em estratégias capazes de reduzir os índices de rotatividade da organização, sendo o treinamento corporativo uma das melhores delas.

Quando você investe em treinamento, mostra para o colaborador que o valoriza como profissional. Afinal, você está investindo na capacitação e desenvolvimento dele. Dessa forma, ele se sente reconhecido, o que faz com que os índices de satisfação dos colaboradores com a empresa aumentem, reduzindo a probabilidade de ele deixar o negócio.

Esse processo também cria uma relação de confiança entre a empresa e o profissional. Ao investir nele, você abre espaço para que ele retribua a confiança depositada e permaneça por mais tempo na empresa.

2.6 Melhora os níveis de qualidade

Por fim, uma das grandes vantagens do investimento em treinamento corporativo é a melhoria dos níveis de qualidade da empresa como um todo. Isso porque, com um time mais capacitado e produtivo, que realiza as suas atividades de forma colaborativa, integrada e inovadora, o produto final gerado para o cliente também é melhor.

Mesmo que o colaborador não esteja ligado diretamente à produção de mercadorias ou prestação de serviços para o cliente, todas as atividades realizadas na empresa contribuem para o resultado final. Dessa forma, ao capacitar o time como um todo, você impacta o produto ou serviço oferecido, aumentando os níveis de qualidade.

3. Quais são os tipos de treinamentos existentes no mercado?

Você ficou com vontade de investir agora mesmo em treinamento corporativo para a sua empresa, não é mesmo? Antes disso, porém, é importante que você entenda que existem dois principais tipos de capacitação para os colaboradores, sendo que cada um tem objetivos e metodologias distintas.

Descubra agora quais são eles e as vantagens de cada um! Mas lembre-se: você pode investir nos dois tipos de treinamento, uma vez que um não exclui o outro, de acordo com as necessidades e características da sua empresa.

3.1. Treinamento de hard skills

Quando se fala em treinamento corporativo, as pessoas logo pensam em treinamentos de habilidades técnicas para o desenvolvimento dos colaboradores da empresa. Esse é o treinamento de hard skills.

Esse tipo de capacitação é focado no desenvolvimento de competências diretamente ligadas ao exercício das atividades do colaborador. Portanto, um profissional de TI, por exemplo, pode se beneficiar muito de um treinamento para que ele aprenda uma nova linguagem de programação. Já um colaborador que trabalha com marketing pode ter um treinamento de marketing de conteúdo ou SEO.

Esse tipo de treinamento oferece uma série de benefícios, tanto para a empresa quanto para o colaborador. O profissional aprende conteúdos que ele pode levar para a vida toda e é capaz de desenvolver as suas atividades com mais agilidade e eficiência.

A empresa sai ganhando, uma vez que passa a contar com colaboradores mais capacitados no desenvolvimento de atividades, reduzindo o número de erros e aumentando a eficiência organizacional como um todo.

3.2. Treinamento de soft skills

No entanto, não são apenas as hard skills que são necessárias para o desenvolvimento de atividades dentro de uma empresa. O negócio é formado por pessoas e conta com uma cultura organizacional própria e comportamentos e valores desejados por parte da empresa. É aí que as soft skills entram como grandes aliadas!

Soft skills é um termo que se refere às competências comportamentais dos colaboradores. É o caso da liderança, comunicação assertiva, empatia, colaboração, entre outras. Todas elas são essenciais para o bom trabalho dentro da organização, uma vez que melhoram o relacionamento interpessoal entre os colaboradores e o ambiente de trabalho como um todo.

Além disso, competências como a comunicação assertiva são capazes de melhorar o fluxo de informações e de atividades dentro do negócio, potencializando os resultados.

Outra vantagem de investir no treinamento de soft skills é o alinhamento do time. Esse tipo de capacitação, como o treinamento comportamental, pode ser voltada para que os colaboradores internalizem a cultura da empresa, entendendo quais são os valores e comportamentos esperados dentro da organização.

Dessa forma, todo o time passa a se alinhar em torno de objetivos compartilhados, trabalhando juntos para que o negócio alcance seus objetivos estratégicos. Além disso, ainda é possível reduzir ou até mesmo eliminar comportamentos inadequados por parte da equipe ao entender qual o perfil comportamental de cada colaborador e como direcionar as características individuais de cada um para o bem da organização como um todo.

4. Treinamento corporativo à distância ou presencial?

Além dos diferentes tipos de treinamento, também existem modalidades diferentes nos quais eles podem ser ministrados. Com o avanço da tecnologia, cresce o número de treinamentos corporativos à distância, o que exige que você também entenda quais são as características e benefícios de cada um deles para escolher o melhor para a sua empresa.

Descubra agora qual das duas modalidades oferece maior flexibilidade e qual gera mais engajamento!

4.1 Qual dá mais flexibilidade?

Os colaboradores têm rotinas cada vez mais intensas dentro da organização. As demandas por atividades são grandes e, muitas vezes, para garantir o desenvolvimento das suas habilidades e competências, é essencial que você preze por metodologias flexíveis.

Essa é uma das principais características dos treinamentos à distância. Ele consiste em uma capacitação realizada em ambiente virtual. Geralmente, são ministradas aulas em vídeo em plataformas desenvolvidas especificamente para a capacitação de profissionais, nas quais eles encontram materiais adicionais para leitura, exercícios e até mesmo fóruns para tirar dúvidas.

A principal vantagem dessa modalidade de capacitação é a forma como ela se adapta à rotina do profissional. Por não exigir deslocamento e não ter horário marcado para aulas ou tarefas, o colaborador pode incluir o treinamento na rotina diária da forma como desejar.

Portanto, se o colaborador acredita que absorve melhor os conteúdos pela manhã, antes da realização das suas atividades de trabalho, pode realizar o treinamento nesse horário. Também é possível realizar a capacitação após o expediente e até mesmo nos fins de semana.

Porém, esse tipo de treinamento também oferece alguns desafios, podendo não ser o melhor para todos os seus colaboradores. Isso porque, devido à flexibilidade, ele também reduz os níveis de cobrança, exigindo que o profissional seja bastante disciplinado para realizar a capacitação e desenvolver as habilidades.

Além disso, também não abre espaço para a interação. Como colaborador realiza a capacitação sozinho, não há troca de ideias em um ambiente físico, o que limita tanto a colaboração quanto o aumento do networking do profissional.

4.2 Qual gera mais engajamento?

Um dos elementos responsáveis pela garantia da aprendizagem em um treinamento corporativo é o engajamento. Afinal, em qualquer atividade de educação corporativa, é importante que os profissionais se sintam motivados e engajados no aprendizado, o que aumenta os níveis de atenção e a participação do time no processo.

Esse é um dos diferenciais de um treinamento corporativo presencial. O processo consiste na capacitação em um ambiente físico, que pode ser da empresa, da instituição responsável por ministrar o treinamento ou espaços em um coworking, por exemplo.

Por permitir a interação cara a cara com os outros profissionais e o responsável pelo treinamento, há um aumento nos níveis de engajamento. Isso significa que o profissional participa ativamente do processo de aprendizagem, o que potencializa os resultados a curto, médio e longo prazos que ele irá trazer para a empresa e para o colaborador.

Além disso, o treinamento presencial abre espaço para a troca de conhecimento entre a equipe, com possibilidade de interação real nesse tipo de atividade. Isso faz com que os colaboradores colaborem entre si para potencializar os resultados do processo. Assim, podem, inclusive, conhecer colegas com os quais ainda não haviam interagido e pessoas de fora da organização, aumentando o networking.

O problema do treinamento presencial está relacionado à necessidade de deslocamento e à rigidez no horário no qual ele é ministrado. Isso pode ser contornado agendando esse tipo de atividade durante a jornada de trabalho, o que possibilita que todos estejam presentes. Além disso, caso a locomoção seja um desafio para os funcionários da empresa, cogite marcar o treinamento no próprio espaço da organização.

5. Vale a pena terceirizar o treinamento corporativo?

Agora imagine que você deseja proporcionar um treinamento corporativo para o desenvolvimento de liderança dentro da empresa, por exemplo. Existe a opção de o próprio líder ou gestor ministrar o treinamento aos colaboradores. Por outro lado, você pode contratar uma empresa especializada para a realização das atividades.

Essa é uma das dúvidas que os gestores enfrentam na hora de planejar o processo de treinamento e desenvolvimento dentro da empresa. Quer saber como solucionar essa questão? Então descubra agora se vale a pena contratar uma empresa especializada e terceirizar o treinamento corporativo.

5.1 Contar com especialistas do mercado

Quando você terceiriza o treinamento, conta com especialistas do mercado para ministrar cursos e capacitações para a sua equipe. Esse aspecto não se refere apenas a um especialista na área que está sendo desenvolvida, mas também a um expert em transmissão de conhecimentos para profissionais.

Isso significa que, quando você solicita a um membro do time que apresenta determinada competência bem desenvolvida, como a comunicação ou liderança, ele pode saber muito sobre como colocar esse conhecimento em prática, mas ter dificuldade na hora de passar isso adiante.

Já com um especialista do mercado, além de contar com um profissional que sabe como aplicar essa habilidade, você ainda tem a garantia de que ele é um estudioso no assunto, estando por dentro das principais tendências em relação a essa área, e é capaz de transmitir o conhecimento com eficiência. Tudo isso potencializa a aprendizagem dentro da empresa, aumentando os resultados gerados pelo treinamento corporativo.

5.2 Reduzir custos operacionais

Para organizar um treinamento corporativo não basta apenas reservar um horário ou local. É preciso investir na preparação da capacitação, comprar materiais extras para a realização das atividades e investir tempo e esforço antes e depois do treinamento. Tudo isso gera gastos para a empresa.

Nesse aspecto, terceirizar o treinamento pode ser uma ótima forma de reduzir os custos operacionais da empresa. Isso porque uma empresa especializada tem experiência nessa área, o que faz com que ela tome decisões mais eficazes sobre a melhor forma de utilizar os recursos da empresa durante esse momento.

Além disso, você precisa pagar um valor fixo por curso ou pacote de cursos, o que permite um planejamento financeiro mais eficiente para a organização.

5.3 Construir parcerias produtivas

Construir parcerias no mercado aumenta o networking e realizar trocas é uma das necessidades da sociedade na qual sua empresa está inserida. O treinamento corporativo pode ser a porta de entrada para essa construção, tanto no nível organizacional, ou seja, da empresa como um todo, quanto no nível individual, para os colaboradores.

Isso porque, ao terceirizar o treinamento, você passa a conhecer uma série de especialistas nas mais diversas áreas. A troca de ideias e informações com essas pessoas agrega valor à empresa e tudo isso pode se tornar uma grande parceria de longo prazo.

Além disso, os colaboradores também têm a possibilidade de interagir com outros profissionais, trocando informações sobre problemas do dia a dia e solucionando dúvidas.

Como você pode perceber, o treinamento corporativo é uma estratégia que pode trazer uma série de benefícios para a organização, potencializando os resultados dos seus colaboradores e aumentando a competitividade da empresa como um todo.

Para ter sucesso nesse aspecto, é importante tomar uma série de decisões relacionadas ao tema dos treinamentos, formato e até mesmo a contratação ou não de uma empresa especializada. Com esse artigo você já é capaz de tomar todas essas decisões de forma mais bem fundamentada, potencializando os resultados dos treinamentos corporativos!

Aproveite para entrar em contato agora mesmo com a Aspectum e descubra todos os treinamentos que temos para oferecer para alavancar o sucesso do seu negócio!

Lembre-se de compartilhar este artigo!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Receba as últimas novidades sobre treinamentos e desenvolvimento humano

tudo sobre desenvolvimento de pessoas, capacitação & RH.

Mais do Portal

impacto socio econômica das organizações na sociedade

O impacto das organizações na sociedade

Comumente devido ao dia dia esquecemos da importância que uma empresa tem na sociedade. Você que possui uma empresa, já parou para pensar do papel importantíssimo que você está desempenhando? Indiferente do tamanho da sua empresa, ela exerce um papel fundamental na sociedade.

confiança no ambiente de trabalho

Tipos e pilares da confiança no ambiente de trabalho!

Algumas maneiras comprovadas de construir confiança no ambiente de trabalho requerem muito mais do que se pode imaginar. Se tornou líder de alguém? A comunicação eficaz pode lhe ajudar. Confiança é a base de todos os relacionamentos de sucesso. Saiba como se tornar mais confiante no trabalho.

Conheça um de nossos treinamentos pela voz do nosso CEO.
Vídeo online sem interação humana.

Assistir agora

Fique por dentro dos próximos treinamentos, webinários ao vivo e programe-se para participar de algum deles no melhor momento para você.

Agendar

Quer mais informações?
Descubra como o Google, Facebook, Bradesco, Syngenta e outros clientes tem investido na formação de seus líderes e como você pode trazer nossas metodologias para sua empresa.

Solicitar contato