Principais fraquezas de uma empresa & análise Matriz Swot

Ferramentas para superar as principais fraquezas de uma empresa: Matriz SWOT - Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças. Reveja-se seu negócio com um planejamento estratégico de alto potencial.

Escrito por:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
principais fraquezas de uma empresa

Conhecer as principais fraquezas de uma empresa é uma das melhores maneiras de otimizar o planejamento, melhorar a comunicação interna e alinhar os objetivos dos colaboradores aos da organização.

Por isso, neste conteúdo mostraremos quais são os pontos fracos de uma companhia e como o departamento de RH pode contorná-los. Acompanhe a leitura do artigo para conferir!

Quais são as principais fraquezas de uma empresa?

Para utilizar o potencial da organização, é preciso primeiro conhecer as suas fraquezas e desafios. Somente com a implementação de medidas corretivas e a otimização das políticas internas é que a empresa pode se tornar mais competitiva em seu mercado de atuação.

A seguir, mostraremos os principais pontos que podem colocar a existência de uma empresa em risco.

Objetivos indefinidos

Definir claramente os objetivos não é um mero capricho, mas sim um pré-requisito para qualquer negócio de sucesso, assim como traçar um planejamento para que eles possam ser alcançados.

Quando essa sistematização não integra a cultura organizacional, é muito mais fácil perder o controle sobre o caminho a ser percorrido e o destino pretendido. Por isso, uma equipe que poderia gerar ótimos resultados em conjunto acaba se tornando uma fraqueza da organização apenas por falta de orientação.

Equipe não engajada

A falta de envolvimento dos funcionários pode gerar sérios problemas de comunicação interna, a ponto de comprometer o desempenho da equipe como um todo, colocando os resultados da empresa em risco.

Um dos principais fatores que gera esse tipo de gargalo no cotidiano operacional são a falta de investimento no clima organizacional e a má gestão de pessoas. A soma de um ambiente de trabalho hostil e a falta de um bom líder faz com que os funcionários se sintam inseguros na empresa e passem a ver seus colegas como concorrentes, gerando uma competitividade insalubre.

Cultura da empresa mal trabalhada

Outro aspecto que coloca muitas organizações em cenários complicados por falta de atenção às particularidades de cada membro que integra o time de empregados é não estabelecer a cultura da empresa adequadamente.

Uma companhia é como um organismo. Para sobreviver e gerar bons resultados, precisa que todos os departamentos funcionem em sintonia e em alinhamento aos objetivos e valores da organização.

A falta de investimento em treinamentos e ações que ajudam a fixar os conceitos da empresa pode ser a causa de muitos colaboradores não “vestirem a camisa” da marca.

Desconhecimento do mercado

Não conhecer profundamente o segmento em que sua empresa atua é um dos motivos que leva tantas empresas a falirem antes dos primeiros cinco anos de existência.

O empreendedor que não conhece seu público-alvo e não domina os produtos ou serviços que oferece, certamente não sabe lidar com a concorrência e tampouco fazer projeções de cenários futuros e se antecipar ás tendências de consumo.

Funcionários despreparados

O mercado está cada vez mais competitivo tanto para as empresas quanto para os trabalhadores que precisam estar cada vez mais preparados para não perderem posição para seus concorrentes.

Considerando que os colaboradores são os recursos de maior valor de uma organização, quando eles não têm o preparo e as qualificações necessárias para lidar com os desafios do setor, significa que a empresa não tem as ferramentas para sobreviver em um panorama tão acirrado.

Como melhorar as questões citadas?

Agora que você conhece as principais fraquezas de uma empresa, mostraremos como agir para reduzir ou eliminar os fatores que podem colocar os resultados em risco. Entre as medidas que o RH pode implementar, podemos citar:

  • investir no treinamento dos colaboradores: como já foi dito, os funcionários são as ferramentas mais importantes da empresa. Para vencer os desafios do mercado, é preciso ter uma equipe altamente qualificada e experiente;
  • aperfeiçoar a liderança: da mesma forma que é necessário treinar o time operacional, os líderes também precisam saber como agir diante das questões que integram a rotina da organização;
  • melhorar a comunicação interna: funcionários engajados são mais produtivos. Sendo assim, a comunicação interna é um dos aspectos de maior relevância a serem trabalhados.

Por que é importante que o RH faça uma Matriz SWOT?

SWOT é a sigla para Strengths, Weaknesses, Opportunities e Threats  — Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças, em tradução livre.

O termo é uma referência ao conjunto de características que compõem uma empresa. Matriz de SWOT é como nos referimos à técnica de gestão que exerce um dos pilares mais importantes na estratégia das companhias que a utilizam.

Consiste, basicamente, em uma ferramenta de planejamento que pode ser aplicada tanto em empresas de grande porte quanto por microempresas e, até mesmo, os microempreendedores individuais.

Composta por quatro quadrantes, a Matriz de SWOT define os principais aspectos de uma organização (forças, fraquezas, oportunidades e ameaças), como já foi dito. É uma maneira de destacar os pontos mais relevantes para a estratégia da empresa, desde questões internas a externas que estão relacionadas ao mercado.

Como montar uma Matriz de SWOT?

O primeiro passo é definir quais os pontos fortes e fracos pertinentes à ambientação interna da empresa, ou seja, tudo que está ao alcance da organização, como a gestão da equipe de colaboradores e a comunicação interna e, pelo outro ponto da matriz, é preciso fazer uma análise do ambiente externo da companhia.

Depois, as oportunidades que existem no mercado devem ser observadas, assim como a expansão da linha de produtos ou serviços, chances de conquistar novos consumidores e tudo mais que pode gerar receita e agregar valor ao negócio.

Por fim, é importante analisar também as ameaças que a empresa pode sofrer, como queda no padrão de consumo e novos concorrentes para o mesmo segmento, por exemplo.

Como a Matriz SWOT pode ser útil para o RH?

O time de colaboradores está diretamente ligado às forças e fraquezas de uma empresa, já que os resultados do negócio dependem de seu nível de produtividade, mas conflitos internos são problemas que podem ser desencadeados pela má gestão dos recursos humanos da organização.

Nesse contexto, a Matriz SWOT pode ser utilizada para identificar quais são os aspectos que estão causando falhas de comunicação entre os membros da equipe, desmotivação e que estão afetando o desempenho individual e coletivo.

Com isso, o RH pode identificar os pontos fortes de cada funcionário e fazer um remanejamento de funções ou aplicação de medidas estratégicas — como treinamentos — de modo que cada profissional tenha o seu potencial máximo utilizado em prol dos benefícios da organização.

Como você pôde conferir, os principais desafios de uma empresa podem ser vencidos com a implementação de boas práticas pelo setor de RH. Além disso, mostramos como a Matriz de SWOT é uma ferramenta importante nessa empreitada.

Agora que você já conhece as principais fraquezas de uma empresa, não deixe de conferir também o nosso artigo sobre como fazer um gerenciamento de conflitos eficiente!

Lembre-se de compartilhar este artigo!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Receba as últimas novidades sobre treinamentos e desenvolvimento humano

tudo sobre desenvolvimento de pessoas, capacitação & RH.

Mais do Portal

impacto socio econômica das organizações na sociedade

O impacto das organizações na sociedade

Comumente devido ao dia dia esquecemos da importância que uma empresa tem na sociedade. Você que possui uma empresa, já parou para pensar do papel importantíssimo que você está desempenhando? Indiferente do tamanho da sua empresa, ela exerce um papel fundamental na sociedade.

Conheça um de nossos treinamentos pela voz do nosso CEO.
Vídeo online sem interação humana.

Assistir agora

Fique por dentro dos próximos treinamentos, webinários ao vivo e programe-se para participar de algum deles no melhor momento para você.

Agendar

Quer mais informações?
Descubra como o Google, Facebook, Bradesco, Syngenta e outros clientes tem investido na formação de seus líderes e como você pode trazer nossas metodologias para sua empresa.

Solicitar contato