Por que ter um propósito e como ele impacta no seu sucesso?

Mais um conteúdo especial preparado pela nossa equipe de conteúdo. Treinamento e desenvolvimento na veia. A cada texto uma nova descoberta, um novo insight, uma nova oportunidade de crescer. Acompanhe!

Escrito por:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
propósito

Parafraseando Mark Twain, há dois dias particularmente importantes em cada uma de nossas vidas, um o dia em que nascemos e o outro o que descobrimos o porquê.

Você já procurou encontrar o seu propósito? Será que já o encontrou? Ter um propósito de vida talvez seja o que há de mais sublime para um ser humano. O propósito faz parte de nossa identidade pessoal, e além disso, é também é o que torna a nossa vida cheia de significado e sentido.

O que lhe faz acordar todos os dias? O que significa ter um propósito claro na vida? Qual a importância do propósito para o desempenho de atividades? Quando sabemos exatamente o que pretendemos alcançar, temos mais clareza sobre quais passos são necessários e em que direção caminhar para alcançar o que desejamos.

Por ser algo que nem sempre está explícito em nossas jornadas de vida, para encontrar um propósito é preciso muito autoconhecimento e essa jornada pode fazer toda a diferença em diversas áreas da vida.

Neste texto pretendemos mostrar como é possível encontrar um propósito e como ter um impacta no desenvolvimento. Traremos alguns questionamentos para facilitar esta busca constante em que todos nós somos submetidos pelos trilhos da vida.

Descobrir a linha de chegada

Um bom primeiro passo para refletir e compreender propósito é imaginar uma corrida com uma linha de chegada ao final da mesma. A frase “Se você não sabe onde quer chegar, qualquer lugar serve” soa familiar? Pois é, para atingir uma vida com um propósito, é preciso, acima de tudo, saber exatamente o que se quer e em que lugar se pretende estar. Mais do que isso, é preciso saber o que se pode fazer para chegar lá.

Tomar para si a responsabilidade pela própria vida e ter consciência das atitudes e pensamentos que habitam em nossas mentes é o primeiro passo para atingir metas e objetivos que nos levarão a ter um propósito.

Pergunte-se:

  • “Onde quero estar, especificamente, daqui a seis meses ou um ano?”
  • “Qual o legado quero deixar neste mundo?”
  • “O que estou disposto a me sacrificar pelos próximos anos?”

Refletir acerca desses assuntos trará uma boa perspectiva para que você analise como a sua vida está agora, como você deseja que ela esteja e, finalmente, o que você pode — e precisa — fazer para chegar lá.

Conhecer valores e princípios pessoais

Uma segunda dica é refletir sobre valores e princípios, virtudes e forças de caráter. Essa parte do processo é uma das mais importantes. Ela pode ser utilizada como base para que você encontre, de uma vez por todas, o seu propósito e o que fazer — ou não — para conseguir inseri-lo no seu dia a dia.

Conhecer os seus princípios e valores é saber exatamente o que você está disposto a fazer para alcançar os seus objetivos. Nesse sentido, reflita sobre questões como:

  • “Quais ensinamentos me foram passados — ou que adquiri sozinho — e quais são os mais importantes para mim?”
  • “Do que não abriria mão para conquistar aquilo que quero?”

Utilizar essas perguntas e suas variações como bússola ajudarão você a ter metas mais claras e a definir seus próximos passos.

Descobrir meu verdadeiro eu

Para descobrir como ter um propósito, é preciso, primeiramente, conhecer seu verdadeiro eu, a pessoa que você é sem nenhuma interferência externa. Com isso, você descobrirá a sua essência, o que o deixará mais próximo de atingir seu objetivo.

Um bom exercício para isso é se sentar de forma silenciosa por um momento. Quando estiver confortável, é só deixar sua mente vagar para algumas lembranças de quando você era criança. Lembre-se do que gostava de fazer para se divertir. Quando sonhava acordado, quem você gostaria de ser?

O segundo passo é perguntar a si mesmo quais habilidades ou talentos essas paixões da infância ainda podem estar no presente. O que é possível fazer, hoje, para que você consiga se reconectar com essa essência de quem você era quando criança? Ao fazer isso, você vai ser capaz de reconhecer seu verdadeiro eu e usar isso a seu favor.

Determinar minha missão e visão

Para conseguir, de fato, ter um propósito de vida pautado no bem-estar, é preciso fazer uma autoanálise e determinar uma missão para atingir o objetivo e visão para saber o que é necessário para chegar lá. O primeiro aspecto tem relação com a concentração e o segundo, com a sabedoria.

A missão, quando bem definida, apresenta em uma curta frase o que determinamos ser todos os dias. De maneira clara, precisa ser formatada para que não haja dúvidas da intenção. Um exemplo é a frase: “Ser a mudança que quero ver no mundo.”

Já a visão e refere à capacidade de enxergar mais longe que os outros, uma das qualidades que torna as pessoas visionárias. É por meio dela que alguém pode enxergar o próprio potencial máximo possível de ser alcançado, assim como suas principais intenções a longo prazo. Pode ser direcionada a qualquer âmbito da vida, como o pessoal, espiritual ou profissional. Um exemplo pode ser a frase: “Ser inspiração para o meu círculo profissional evoluir em conjunto”.

Sair de minha zona de conforto

Por diversas vezes, as pessoas fazem tudo, menos o que é o melhor para elas mesmas. Deixam passar boas oportunidades, colocam a saúde em risco, procrastinam e muitas outras coisas “inocentes” que, na verdade, são bastante prejudiciais. Tudo isso porque uma das características mais latentes do ser humano é não gostar de sentir dor ou desconforto.

Pior do que não gostar desse tipo de sensação é senti-la justamente para não enfrentar os próprios medos. Quando alguém os enfrenta, porém, consegue sair da zona de conforto e encontrar a tão desejada felicidade e liberdade.

Para ter um propósito, é preciso estar em um estado constante de expandir as habilidades e a mente em si. Dar sempre um passo a frente e superar as dificuldades é o necessário para que você possa sair de onde está e chegar onde deseja. Por esse motivo, é preciso traçar metas desafiantes.

Se alguém deseja realmente sair da zona de conforto, é preciso ter, no mínimo, um pouco de coragem. Esse passo o deixará mais próximo de encontrar seu propósito. Sendo assim, é bom ter em mente que é impossível atingir uma realização plena quando se faz apenas aquilo que você está acostumado.

Me importar com as pessoas ao meu redor

Por mais que pareça uma jornada solitária, encontrar o propósito pode fazer com que você vá além de si mesmo e pense no coletivo. Aqui, não é sobre salvar vidas ou ensinar pessoas, mas sim, fazer a diferença na vida daquelas com quem você mais convive — e, de quebra, desenvolver sua inteligência emocional.

Para isso, você pode prestar mais atenção em cada uma delas e realizar ações genuínas para ajudá-las. No ambiente profissional, por exemplo, se você for um gestor, uma boa ideia é ouvir mais seus colaboradores, contribuir para deixá-los mais satisfeitos e sempre oferecer feedbacks sobre o desempenho de cada um.

Como você pode perceber, ter um propósito claro ajuda a saber exatamente onde chegar e, principalmente, a ter a disposição necessária para enfrentar os desafios do caminho. Com isso internalizado, é possível obter vários benefícios em diversas áreas da vida, até no lado profissional, pois haverá mais motivação, troca de aprendizado, mais respeito, espírito coletivo e responsabilidade.

Gostou do assunto do texto? Então aproveite para conhecer quais são as fases da mudança comportamental e aprenda a coloca-las em prática. Até a próxima!

Lembre-se de compartilhar este artigo!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Receba as últimas novidades sobre treinamentos e desenvolvimento humano

tudo sobre desenvolvimento de pessoas, capacitação & RH.

Mais do Portal

ser proativo

Descubra como ser proativo

O que significa ser proativo. O que fazer para desenvolver a proatividade. Como saber se você tem iniciativa. Entenda a diferença entre ser proativo e reativo.

employee experience

O que não é Employee Experience

O que Employee Experience não é, significado, exemplos, vantagens, employee branding, employee journey, experiência do funcionário, implementação e guia.

ser proativo

Descubra como ser proativo

O que significa ser proativo. O que fazer para desenvolver a proatividade. Como saber se você tem iniciativa. Entenda a diferença entre ser proativo e reativo.

Conheça um de nossos treinamentos pela voz do nosso CEO.
Vídeo online sem interação humana.

Assistir agora

Fique por dentro dos próximos treinamentos, webinários ao vivo e programe-se para participar de algum deles no melhor momento para você.

Agendar

Quer mais informações?
Descubra como o Google, Facebook, Bradesco, Syngenta e outros clientes tem investido na formação de seus líderes e como você pode trazer nossas metodologias para sua empresa.

Solicitar contato