O que você precisa saber sobre o empreendedorismo corporativo

Mais um conteúdo especial preparado pela nossa equipe de conteúdo. Treinamento e desenvolvimento na veia. A cada texto uma nova descoberta, um novo insight, uma nova oportunidade de crescer. Acompanhe!

Escrito por:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
empreendedorismo corporativo
Nos últimos anos, tem aumentado de forma significativa o número de colaboradores que deixam seus empregos formais com o intuito de montarem o próprio negócio. Esse fenômeno, entretanto, tem riscos que precisam ser avaliados para que o “tiro não saia pela culatra”. Nesse sentido, o empreendedorismo corporativo é um método que tem muito a contribuir.

Saber como gerir um negócio de forma inovadora é essencial para o sucesso organizacional. Mas você sabe o que isso significa e qual é a sua verdadeira importância? Para entender como funciona esse universo e descobrir quais são as principais características de um empreendedor corporativo, continue a leitura!

O que é empreendedorismo corporativo?

Baseado principalmente nos conceitos de inovação e renovação, o empreendedorismo corporativo é um conjunto de ações aplicado em um negócio com o intuito de maximizar e otimizar os resultados. O empreendedor corporativo busca o lançamento de novos conceitos, bem como a atualização contínua das técnicas e abordagens já existentes.

Vale salientar que a adoção desse método é feita para permitir o crescimento saudável da empresa. Dessa forma, é possível colocá-la em um patamar de competitividade diante da concorrência, principalmente se levarmos em consideração as atualizações nos padrões de consumo. Afinal, hoje são necessárias estratégias cada vez mais diferenciadas para atrair novos clientes.

Como o empreendedorismo corporativo funciona na prática?

Para que a implementação do empreendedorismo corporativo seja próspera e rentável para a companhia, é preciso que haja inicialmente uma transformação na cultura organizacional do negócio. Mas o que isso significa? Quer dizer que as mudanças estratégicas exigem muito mais que palavras ou um discurso bem ensaiado.

É essencial que as atitudes saiam do papel e sejam, de fato, aplicadas e moldadas à realidade da empresa. Assim, o que deve ocorrer na prática é a estimulação de talentos dos colaboradores, bem como o compartilhamento integral de informações e conhecimentos com os colegas. Além disso, o empreendedor deve incentivar constantemente a criatividade de sua equipe.

Outras práticas efetivas são a distribuição de responsabilidades específicas de acordo com as aptidões pessoais e a oferta de recompensas que aumentem a motivação e o engajamento da equipe. Quando executadas em conjunto, todas essas ações aumentam a produtividade geral dos colaboradores e fazem com que o processo de transição apresente os melhores resultados possíveis.

Quais são as principais características de um empreendedor corporativo?

Com um papel de grande impacto nos resultados da organização, o empreendedor corporativo precisa ter — ou adquirir — alguns talentos essenciais às suas atividades. Vejamos os principais deles!

Visão sistêmica

Um empreendedor corporativo deve ter a capacidade de visualizar o funcionamento geral de todos os setores do negócio para entender como cada departamento interfere nos demais. Tendo essa visão de todo o sistema, ele consegue compreender de forma eficaz os papéis de cada colaborador, agindo para manter toda a estrutura organizacional bem integrada.

Senso de liderança

Essa habilidade é percebida — de longe — naqueles que têm tino para empreender. A capacidade de liderar pode se basear em alguns pilares, que são os sensos de priorização, assistência, propósito e responsabilidade. Algumas outras características colaboram para os bons resultados:

  • curiosidade;
  • criatividade;
  • capacidade de ouvir;
  • boa comunicação;
  • imparcialidade e bom gerenciamento de conflitos.

Capacidade inovadora

A capacidade de inovar em um ambiente empresarial é indispensável para que o empreendedorismo corporativo obtenha êxito. Ao contrário do que se imagina, este fator não se refere apenas à criação de novos procedimentos, mas também está intimamente relacionado ao aperfeiçoamento de processos já existentes.

Criatividade

A criatividade é um traço marcante em bons empreendedores corporativos. Ela é uma ferramenta que atua tanto na resolução de problemas quanto na elaboração de novos métodos para o desenvolvimento organizacional. Quando utilizada com o espírito de inovação, produz ideias visionárias e, por vezes, inéditas, que viabilizam o alcance de resultados nunca antes esperados.

Comportamento positivo

Esse ponto é importante para enfrentar os desafios do empreendedorismo corporativo. Haverão dificuldades, imprevistos e erros nesse caminho, sendo preciso ser resiliente e tirar o melhor de cada situação. O comportamento positivo é aquele que enxerga os problemas como oportunidades de aprendizado, não os ignorando, mas buscando a melhor maneira de lidar com eles. Também faz parte disso o respeito por seus limites e por seus colaboradores.

Ousadia

A ousadia é importante, muitas vezes, para a capacidade de inovação. Ela tem a ver com a coragem para novas ideias, além de ser relacionada a um perfil curioso e questionador. É importante ressaltar, no entanto, que o necessário é uma ousadia consciente e controlada. Não se trata de assumir qualquer risco ou investir em qualquer novidade, sem estratégias e planejamento.

Quais são os benefícios desse modelo para os negócios?

Sabendo que o empreendedorismo corporativo surge como complemento do modelo tradicional das organizações, é interessante abordar alguns dos benefícios que ele traz. Vejamos abaixo!

Redução de gastos

O empreendedorismo corporativo busca, além da inovação e da renovação do modelo de negócio, a melhoria na relação custo-benefício de processos organizacionais. Isso quer dizer que os empreendedores corporativos conseguirão aprimorar a quantidade de recursos que a empresa dispõe, bem como a utilização consciente dos mesmos — através da busca por soluções práticas e a antecipação de problemas que eventualmente poderiam atrapalhar o processo.

Colaboração direta das equipes

Para quem vive o dia a dia do chão de fábrica, sabe da dificuldade que é participar das decisões estratégicas da empresa. No empreendedorismo corporativo, porém, os colaboradores são tratados com a ideia de que são mais fortes juntos — o sucesso coletivo passa a ser considerado como uma missão de cada indivíduo. O desenvolvimento desse espírito de colaboração é fundamental para o aumento do rendimento e da produtividade na organização.

Motivação e satisfação por parte dos colaboradores

Colaboradores que têm voz ativa e contribuem para a transformação do local em que trabalham são, certamente, muito mais satisfeitos e motivados com as funções que lhes são atribuídas. O empreendedorismo é capaz de fomentar esse tipo de sentimento entre os colaboradores, já que existe um autêntico reconhecimento do indivíduo como parte essencial nas engrenagens da empresa.

Aumento da produtividade

Empresas que se preocupam com o investimento nos seus colaboradores garantem a retenção de talentos e obtêm os melhores resultados quanto à motivação das equipes. Assim, o aumento da produtividade se torna uma consequência natural ao se investir no desenvolvimento das metodologias dentro da organização.

O atual cenário corporativo exige que bons gestores tenham originalidade e estejam constantemente se reinventando para acompanhar as exigências do mercado. Com essa demanda, surgem diversas estratégias que propiciam e facilitam as transformações. Verdadeiros empreendedores exploram as diferentes possibilidades e encontram o melhor de cada uma delas.

Como implementar o empreendedorismo corporativo?

Agora que já abordamos do que se trata esse método e seus benefícios, vamos a algumas dicas para colocá-lo em prática. Confira!

Tenha compromisso

Em primeiro lugar, é preciso se comprometer com esse objetivo. Implantar o empreendedorismo corporativo exige uma série de mudanças e envolve desafios variados. Portanto, sem comprometimento não será possível ter êxito em tal processo.

Envolva a liderança

Para que as transformações aconteçam, as lideranças e a gestão devem estar bem envolvidas. Elas precisam criar possibilidades para as novas práticas e perspectivas, adaptando sua postura frente aos colaboradores e até alterando a infraestrutura da empresa.

Entenda sua empresa

Para que tudo seja feito de maneira mais assertiva, evitando problemas, é importante compreender como sua empresa se encontra agora. Qual é sua situação atual? Quais desafios ela enfrenta? Qual é o modelo de gestão vigente? Analise esse tipo de questão com os outros líderes e gestores, para que, juntos, encontrem as melhores estratégias e caminhos a seguir.

Inclua o método em sua cultura

Como comentado anteriormente, o empreendedorismo corporativo deve fazer parte da sua cultura organizacional. Isso significa que ele não deve ficar somente no discurso, mas partir para a prática do dia a dia. Os líderes precisam, por exemplo, dar espaço para que os colaboradores deem sugestões e exerçam sua criatividade, orientando-os como mentores e garantindo as condições adequadas.

Vale lembrar que alterar uma cultura organizacional é algo bastante delicado. Isso precisa ser feito aos poucos, com cuidado para não se desestruturar.

Ressignifique erros

Nesse modelo, o foco não deve estar tanto na punição de erros dos colaboradores, mas mais voltado para sua compreensão. É necessário ajudar a procurar por soluções e mostrar que se trata de uma chance de crescimento e aprendizado.

Forneça capacitações

Treinamentos e capacitações são importantes para ajudar as equipes a analisar o mercado e sugerir estratégias, por exemplo. Eles também podem contribuir para ações mais proativas e o desenvolvimento de competências do empreendedorismo corporativo.

Incentive seus colaboradores

É fundamental explicar para os colaboradores o motivo dessas mudanças e seus benefícios, a fim de que participem e não se sintam perdidos. Além de uma comunicação clara e franca, é interessante utilizar métodos de incentivo, como reconhecimento, bônus e promoções. Isso vale tanto para a fase de transição quanto para depois, pois contribui para a motivação e o engajamento.

Agora que você já sabe como o empreendedorismo corporativo funciona, quais são suas vantagens e como aplicá-lo, não perca tempo! Implemente uma nova forma de gestão como solução para alavancar os resultados do seu negócio. Afinal, o mercado está cada dia mais competitivo e são poucos os que conseguem se destacar.

Gostou do nosso artigo sobre o empreendedorismo corporativo? Para informações sobre nossos serviços, não deixe de entrar em contato!

Lembre-se de compartilhar este artigo!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Receba as últimas novidades sobre treinamentos e desenvolvimento humano

tudo sobre desenvolvimento de pessoas, capacitação & RH.

Mais do Portal

impacto socio econômica das organizações na sociedade

O impacto das organizações na sociedade

Comumente devido ao dia dia esquecemos da importância que uma empresa tem na sociedade. Você que possui uma empresa, já parou para pensar do papel importantíssimo que você está desempenhando? Indiferente do tamanho da sua empresa, ela exerce um papel fundamental na sociedade.

confiança no ambiente de trabalho

Tipos e pilares da confiança no ambiente de trabalho!

Algumas maneiras comprovadas de construir confiança no ambiente de trabalho requerem muito mais do que se pode imaginar. Se tornou líder de alguém? A comunicação eficaz pode lhe ajudar. Confiança é a base de todos os relacionamentos de sucesso. Saiba como se tornar mais confiante no trabalho.

Conheça um de nossos treinamentos pela voz do nosso CEO.
Vídeo online sem interação humana.

Assistir agora

Fique por dentro dos próximos treinamentos, webinários ao vivo e programe-se para participar de algum deles no melhor momento para você.

Agendar

Quer mais informações?
Descubra como o Google, Facebook, Bradesco, Syngenta e outros clientes tem investido na formação de seus líderes e como você pode trazer nossas metodologias para sua empresa.

Solicitar contato